top of page

Papo de Varejo edição Maio

Mensalmente, o presidente do Sincomaco, Claudio Conz, faz uma análise do mês que passou no mercado de materiais para construção. Ele tem experiência pra isso: são quase 5 décadas de atuação junto aos comerciantes, atacadistas e a indústria.


Neste mês, ele analisou as boas perspectivas para o 2o. semestre de 2023. Veja a seguir:

"O mês de abril apresentou queda de 3% nas vendas, em relação ao desempenho de março. No acumulado do ano, estamos 5% abaixo comparado ao mesmo período de 2002. Porém as perspectivas para o segundo semestre são muito boas.


Os preços dos materiais de construção praticamente se estabilizaram, alguns até apresentando pequenos reajustes, o que traz mais previsibilidade de faturamento.


Pra simplificar: estamos na média, em um patamar de preços 26% acima depois da pandemia. Isso demonstra haver uma queda significativa nos volumes físicos apesar do faturamento praticamente se manter, levemente abaixo.


Novos estímulos - como o reajuste do salário mínimo - aproximam a renda, e devem favorecer a retomada do consumo de MatCons.


E vale lembrar sempre: a reforma se adia, porém terá que ser feita um dia!


É por isso que creio em boas perspectivas para os próximos meses. Abril foi marcado pelo excepcionais números atingidos pela Feicon, por exemplo, deixando claro o otimismo do setor para 2023.


Também estamos caminhando muito bem no desenvolvimento da Frente Parlamentar do Comércio de Materiais para Construção. Agora em maio iniciaremos as ações propostas na Câmara dos Deputados pelo competente trabalho do nosso presidente, Deputado Federal Capitão Augusto, e em breve teremos a instalação das novas Frentes no Senado e na Assembleia Legislativa de SP - esta última, muito útil na reformulação da ST (substituição tributária).


Nossa Deputada Estadual Dani Alonso será a presidente desta importante frente paulista.


De novo: são muito boas as nossas perspectivas!"


14 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page